Notícias

Comissão Episcopal para a Ação Sociotransformadora
Comissão Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano
Comissão Especial para a Ecologia Integral e Mineração
Em sua quinta temporada a Websérie abordará temas atuais e lança novos vídeos da Campanha “Expectativa vs Realidade”

 

 

Por Cláudia Pereira| Cepast-CNBB

 

 

A agenda do mês de julho em todo o mundo é voltada para a pauta sobre o tráfico de pessoas. Todos os anos a Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude (ASBRAD) em parceria com o Projeto “Liberdade no Ar”, do Ministério Público do Trabalho (MPT), disponibiliza novos episódios para debater e alertar sobre o tráfico de pessoas no país. Em sua quinta temporada, a websérie tem projetado ações significativas e celebra parcerias estratégicas no combate ao tráfico de pessoas.

 

A série que terá quatro episódios transmitidos através do canal do YouTube da Asbrad, estreou nesta segunda (01/07). A produção da série conta com apoio da Clínica do Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas da Universidade Federal de Minas Gerais, com conteúdo técnicos e emissão de certificados de participação.

 

O momento também celebra a campanha “Expectativa vs Realidade”, que terá novos vídeos. A campanha tem como objetivo apoiar os aeroportos, portos e rodoviárias do Brasil a alertarem aos passageiros sobre falsas promessas que resultam em tráfico de pessoas. Neste ano, a campanha abordará falsas promessas relacionadas ao garimpo ilegal e à exploração em confecções de roupas, temas críticos que afetam inúmeras vidas. Os vídeos serão distribuídos nos principais aeroportos do país para ficar em exposição.

 

 

Programação
  • O primeiro debate aborda as relações causados pelos desastres ambientais e os riscos de exploração enfrentados por pessoas em situação de deslocamento forçado como os ocorridos no Rio Grande do Sul.
  • O segundo episódio que vai ao ar nesta terça-feira, 02 de julho, irá destacar os perigos do aliciamento e exploração de crianças e adolescentes no contexto tecnológico, oferecendo orientações aos pais e responsáveis sobre como proteger suas crianças.
  • No episódio de quarta-feira, dia 03 de julho, abordam-se os tabus em torno do trabalho sexual, evidenciando como a falta de garantia de direitos coloca profissionais do sexo em risco de se tornarem vítimas de tráfico de pessoas.
  • No ultimo episódio,  na quinta-feira (4.jul), o momento será de partilhas com relatos  de sobreviventes do tráfico de pessoas, cujas histórias de superação se tornaram exemplos inspiradores. Destaque para Isabella, cuja jornada foi recentemente documentada na série “Vidas Roubadas”, que acaba de estrear no Globo Play. A protagonista, inclusive, estará presente.

 

Horário: 19h00
Online: www.youtube.com.br/asbrad
Serão emitidos certificados de participação para quem acompanhar online.
Informações: www.asbrad.org.br/webserie