Notícias

Comissão Episcopal para a Ação Sociotransformadora
Comissão Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano
Comissão Especial para a Ecologia Integral e Mineração
Deputadas do PT e PSOL | -Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Deputadas do PT e PSOL | -Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Sim, política é coisa de mulher! E sem discursos odiosos, sem violência de gênero, sem misoginia (aversão ou incitação ao ódio às mulheres). Nós mulheres devemos ocupar os espaços na política.
Isso porque, conforme a plataforma TSE Mulheres, que tem uma base de dados sobre a atuação de mulheres na política e das eleições ao longo da história da democracia brasileira, as mulheres compõem mais da metade (52%) do eleitorado no Brasil, mas houve apenas 33% de candidaturas femininas, sendo 15% delas eleitas, entre 2016 e 2022.
Para se ter uma ideia, no pleito de 2020, só 663 dos mais de 5.500 municípios (11,9% do total) elegeram prefeitas. No mesmo ano, na escolha para os cargos de vereadores, nenhuma mulher foi eleita em 935 cidades (17% do total).
A presença feminina nas eleições da câmara municipal é garantida pela Lei nº 9.504/1997. O documento determina que cada partido ou coligação tenha o número mínimo de 30% e máximo de 70% de candidaturas de cada sexo. Mas essa lei, não é o suficiente para essa garantia.
Os partidos políticos possuem um papel fundamental na seleção e promoção referente a participação feminina no pleito eleitoral, se esses não priorizarem a inclusão de mulheres nas candidaturas ou não oferecerem apoio significativo, a representação feminina na política continuará baixa.
A sub-representação das mulheres tem um impacto negativo no desenvolvimento e progresso da sociedade, que deixa de se beneficiar de uma importante e significativa fonte de contribuições.
Por mais mulheres na política!

——————-

Texto veiculado na Rede Aparecida de Rádio e Signis Brasil, no dia 24 de maio de 2024.

Tags:

Autores

Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira

Dom Jose Ionilton

Dom Wilson Angotti

Gianfranco Graziola

Gilberto Lima

Igor Thiago

Irmã Eurides Alves de Oliveira

Jardel Lopes

Jardel Lopes

Maria Clara Lucchetti Bingemer

Maria Clara Bingemer

Osnilda Lima

Padre Dário Bossi

Pe. Alfredo J. Gonçalves

Pe. Alfredo J. Gonçalves

Petronella M Boonen - Nelly

Petronella M Boonen - Nelly

Roberto Malvezzi (Gogó)

Rosilene Wansetto

Dom José Valdeci

Valdeci Mendes

Relacionados