Notícias

Comissão Episcopal para a Ação Sociotransformadora
Comissão Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano
Comissão Especial para a Ecologia Integral e Mineração

 

 

Cáritas Brasileira é uma das organizações titulares no órgão colegiado de caráter consultivo e propositivo sobre Economia Popular Solidária

 

 

Comunicação | Cáritas Brasileira

 

Na última quarta-feira (18), o governo federal reinstalou o Conselho Nacional de Economia Solidária (CNES). O momento aconteceu no auditório Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores e marcou a retomada de encontros, que ficaram paralisados durante cinco anos. O momento, que seguiu até o dia 19 de setembro, possibilitou a recomposição do Conselho, assim como a implementação de comissões de trabalho, para a preparação da IV Conferência da Economia Solidária, que deverá acontecer em 2024.
A Cáritas Brasileira, atualmente, é titular no Conselho e está inserida como entidade de apoio e fomento, juntamente com a Unicopas e a Agência de Desenvolvimento Solidário  (ADS-CUT). Como membros suplentes estão Unitrabalho, Rede de Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCPS) e Articulação Semiárido Brasileiro (ASA).
Para Marcela Vieira, conselheira representante da Cáritas Brasileira, , o momento representa recomeço: “Após todo o período de desmonte da política de economia solidária, este momento marca politicamente a retomada de um diálogo orgânico entre sociedade civil e governo, bem como oportuniza um espaço para a construção de estratégias para o enfrentamento dos desafios apresentados pelo cenário econômico, social e ambiental atual, que afeta diretamente a população em situação de vulnerabilidade”.
Marcela representa a Cáritas Brasileira junto com José Santiago, da Cáritas Regional Ceará. Atualmente, o CNES é composto por 56 membros, sendo: 19 representantes do governo federal, de secretarias estaduais de trabalho e de órgãos estaduais e municipais de apoio à economia solidária; 20 representantes de empreendimentos econômicos solidários; e 17 membros de outras organizações da sociedade civil e serviços sociais.
O ministro da Secretaria da Economia Popular Solidária, Gilberto Carvalho, coordenou o encontro de reinstalação do Conselho. Além da sociedade civil organizada, a abertura do evento contou também com a presença do Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, do Deputado Carlos Veras, presidente da Frente Parlamentar de Ecosol, além de vários representantes dos ministérios e convidados.